Como esses 3 empreendedores brasileiros de sucesso fizeram seu primeiro milhão.

Você gostaria de descobrir como alcançar seu primeiro milhão com quem já fez isso na prática?

Neste artigo, trouxemos para você a história de 3 brasileiros que criaram negócios altamente lucrativos praticamente do zero.

O que você vai ver a seguir são dicas práticas para você implementar hoje mesmo na sua empresa.

Você vai aprender o que fazer e o que não fazer baseado nos erros e acertos deles.

As táticas que você vai descobrir foram validadas em negócios de diferentes nichos e podem te ajudar a multiplicar seu faturamento.

 “Roube” as dicas a seguir e coloque seu negócio na rota do primeiro milhão.

De menor aprendiz a dono de loja virtual com faturamento de 3 milhões de reais anuais:

Esse é um resumo da trajetória de Alezi Goulart.

Quando sua família passou por dificuldades financeiras, Alezi, um jovem gaúcho de apenas 16 anos, buscou uma forma de ajudar em casa.

Sua primeira tentativa se deu como menor aprendiz na Assembleia Legislativa do seu Estado.

As coisas não deram muito certo por lá e ele teve que buscar uma nova forma de contribuir com as despesas da família.

Como grande parte dos jovens de sua idade, Alezi conhecia muito da cultura Geek.

Ele decidiu usar seu conhecimento sobre games, animes e filmes para criar estampas de camisas e vendê-las online.

Desenhou as 30 primeiras estampas e com recursos emprestados de familiares lançou a loja virtual.

Como não tinha dinheiro para tráfego, ele decidiu entrar em contato com administradores de páginas do Facebook e canais do Youtube.

Esses emissores de tráfego divulgaram a loja do jovem empreendedor gratuitamente e em troca receberam uma parte do faturamento.

No começo, o dinheiro que entrava basicamente cobria os custos do negócio.

Com o tempo, Alezi foi acumulando capital e pôde investir em anúncios e outras formas de atração de novos clientes.

Veio o primeiro, o segundo e atualmente a Nerduniverse fatura 3 milhões anuais.

Alezi começou sua empresa sozinho, mas hoje conta com uma equipe de 20 colaboradores em regime de trabalho home-office.

Dica prática: comece com o que você tem e busque parceiros para complementar suas deficiências.

 

Como R$ 5.000,00 se tornaram R$ 5.000.000,00

Quando começaram sua loja virtual, Raissa e Gabriela não escolheram atuar nesse mercado por afinidade ou experiência prévia.

Eles se basearam numa forte pesquisa de mercado na qual mapearam demandas a serem atendidas.

A Bolsa150, nome da loja das duas empreendedoras, começou com uma proposta bem especifíca: vender bolsas através do Instragam por até R$ 150,00.

Ao focar num nicho bem definido, num único canal de atração de clientes e no oferecimento de uma oferta clara elas conseguiram um bom retorno sobre o investimento.

Com o tempo, elas conseguiram diversificar seu mix de produtos e canais de vendas.

Começaram com um investimento de apenas R$ 5.000,00 e hoje faturam R$ 5.000.000,00 ao ano.

Dica prática: ao iniciar seu negócio, prefira atuar num nicho específico, com um pequeno mix de produtos e poucos canais de atração de clientes. O foco nessa etapa vai ter permitir otimizar seus recursos.

 

Ela fez brigadeiros congelados se tornarem um negócio quente

A ex-estudante de medicina iniciou a fabricação de brigadeiros como forma de fazer uma renda extra.

Começou a fazer suas primeiras vendas para os colegas ainda na época da faculdade.

Com o aumento da demanda, Carolina percebeu o potencial do negócio e decidiu pedir a ajuda da sua avó para fazer brigadeiros congelados.

Ela se lembrava do sucesso do doce da sua vozinha na época das suas festinhas de criança em casa.

Pegou algum dinheiro que tinha guardado e junto com a avó e mais duas colaboradoras deu início à linha de fabricação de brigadeiros em larga escala.

Com o tempo, além de atender às demandas de festas e eventos, Carolina conseguiu colocar seus doces em grandes redes de supermercados como o Zona Sul do Rio de Janeiro.

Hoje a empresa que começou algumas poucas economias, já aumentou o mix produtos oferecidos, abriu 2 lojas próprias além possuir 3 pontos de revenda.

Seu faturamento do ano passado foi de aproximadamente R$ 1.500.000,00 e ela projeta um aumento de 30% para este ano.

Dica prática: você não precisa criar um produto completamente novo para ganhar espaço mercado. Tente pegar um produto que já existe descubra forma inovadora de entrega para atender à demanda existente.

 

Você viu um pouco da jornada de empreendedores que começaram sem ou com muito poucos recursos e atingiram seu primeiro milhão.

Você também descobriu dicas práticas que podem te fazer também chegar lá.

Agora chegou a hora de você colocá-las em ação.

Comente abaixo qual delas você vai você vai executar ainda hoje para colocar seu negócio na rota do primeiro milhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *